Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. OK Ler mais
Aumentar Texto
Diminuir Texto
Sublinhar Links
Reset

Notícias ver mais

Obras
Executivo camarário visitou Pavilhão Municipal Vitalino Fagundes, Requalificação do Pavilhão Municipal da Fonte do Bastardo assegura segurança e qualidade da prática desportiva
27 setembro 2022
Com a obra de requalificação do Pavilhão Municipal Vitalino Fagundes, a segurança dos utentes fica assegurada, ao mesmo que a prática desportiva no concelho é dignificada, sendo este mais um passo importante para elevação da modalidade do voleibol no concelho. A afirmação foi feita pela Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Vânia Ferreira, durante uma visita ao pavilhão desportivo da Fonte do Bastardo, após a conclusão da sua empreitada, promovida em conjunto pelo Município e pela Junta de Freguesia local.
 
“Este pavilhão merecia ser alvo de uma intervenção profunda, de modo a estar preparado para albergar as equipas de voleibol da Associação de Jovens da Fonte do Bastardo, que, como bem sabemos, participa no escalão máximo do voleibol nacional, e que acaba por levar o nome da Praia da Vitória a nível nacional”, sublinhou a autarca
 
“Esta obras de reestruturação consistiram na renovação do piso – que era um dos principais problemas do Pavilhão – conferindo-lhe um chão profundamente requalificado e adequado para a prática do voleibol. Houve também reparações prioritárias a nível da sua cobertura, porque esta apresentava já problemas de infiltração que, mais cedo ou mais tarde, iriam danificar o piso.”, acrescentou a edil praiense.
 
Vânia Ferreira mostrou ainda a sua preocupação com o decréscimo do número de atletas que se verificou durante o período que em que pavilhão da Fonte do Bastardo esteve inutilizável, porém, está otimista de que esta tendência irá inverter-se, agora que o Pavilhão Municipal Vitalino Fagundes está totalmente preparado para a época desportiva que se inicia.
 
O que posso garantir é que agora o Pavilhão Municipal Vitalino Fagundes está pronto para servir toda a comunidade da Fonte do Bastardo, e espero que esta medida seja o tónico para que haja uma efetiva retoma da prática desportiva neste espaço, após o longo período em que esteve encerrado”, afirmou.
 
A Presidente da Câmara Municipal reconheceu o esforço dos utentes do Pavilhão Municipal Vitalino Fagundes, em que durante quase quatro anos treinaram noutros complexos desportivos que não o pavilhão referido.
 
“É de louvar o esforço da direção, mas também dos atletas, que não baixaram os braços apesar de uma contrariedade tão grande como esta, e deram continuidade à atividade desportiva da Associação de Jovens da Fonte do Bastardo”, finalizou.

Gabinete de Comunicação

Notícias Relacionadas

Obras
17 outubro 2022
Visita à empreitada na tarde de segunda-feira, Dinheiro da obra de abastecimento de água a Sta. Rita/Juncal gasto noutros serviços obriga Praia Ambiente a empréstimo de 400 mil euros
A Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória confirma que a Praia Ambiente teve de recorrer a um empréstimo de 400 mil euros para garantir os pagamentos finais devidos na empreitada de adução e abastecimento de água a Santa Rita/Juncal, financiada pelo Açores 2020 e pelo Fundo Ambiental.
Obras
02 setembro 2022
Melhoria da qualidade de vida dos munícipes, Autarquia dá início às obras de requalificação do lugar das Pedreiras, na Vila das Lajes
O lugar das Pedreiras, na Vila das Lajes, encontra-se a ser alvo de obras de requalificação ao nível das redes de saneamento, alargamento dos arruamentos e pavimentações, no sentido de dotar o mesmo de melhores condições de habitabilidade para os munícipes residentes no local.
Obras
04 novembro 2022
Avaliada em cerca de 70 mil euros, Empreitada de reformulação do abastecimento de água na Canada do Saco concluída no fim deste ano
A obra de reformulação do abastecimento de água, na Canada do Saco, situada na freguesia do Cabo da Praia, estará concluída no fim deste ano, garantindo o usufruto de um bem necessário e de qualidade junto dos residentes nesta zona. Um contributo para a coesão social desta freguesia e do concelho, avaliado em cerca de 70 mil euros.